monthelie-autmne-vignesmonthelie-autmne-vignes
©monthelie-autmne-vignes|Atelier photo Muzard;
OS CLIMAS DA BORGONHA NA LISTA DA UNESCOEntre Dijon e Beaune até Santenay

Os climas dos vinhedos da Borgonha

A inscrição dos Climats du vignoble de Bourgogne na lista da UNESCO é o reconhecimento do carácter único da Côte Viticole

Os Climatsdu vignoble de Bourgogne foram inscritos na lista do Património Mundial da UNESCO em 4 de julho de 2015. Esta inscrição reconhece o carácter único da Côte Viticole entre Dijon e Beaune e até Santenay. Paisagens notáveis, um património edificado excecional e um saber-fazer único são apenas algumas das razões que justificam esta inscrição.

Na Borgonha, o que é um

Na Borgonha, o que é um “climat”?

Um climat é o termo específico da Borgonha para designar um terroir vitícola. Cuidadosamente demarcado ao longo dos séculos (e praticamente inalterado desde então), cada climat é uma parcela de vinhas com o seu próprio nome, história, sabor e lugar na hierarquia dos crus. Existem mais de 1.000 climats numa fina faixa que vai de Dijon a Santenay, a sul de Beaune, alguns com nomes ilustres como Chambertin, Romanée-Conti, Clos de Vougeot, Montrachet, Corton, Musigny…

O que é que o sítio Climats de Bourgogne tem de especial?

O que é que o sítio climats de Bourgogne tem de especial?

Em nenhumoutro lugar a vontade de ligar o vinho ao lugar que o produz foi levada tão longe, e de forma tão refinada, como na Borgonha. O resultado é uma vinha extremamente fragmentada, um saber-fazer orientado para a excelência, paisagens notáveis, cidades com um património edificado excecional, Dijon e Beaune, uma economia, uma cultura específica e uma palavra para a caraterizar: Climat.

Os climas das vinhas da Borgonha

Climats du Vignoble de Bourgogne – Parcelas e cabiote© Jean-Louis Bernuy

Que elementos foram classificados como Património Mundial da UNESCO?

Os climats representam uma exceção e um modelo de viticultura baseada no terroir que inspira outras vinhas em todo o mundo. Constituem um sítio cultural único, moldado por 2000 anos de história, caracterizado por um património edificado excecional, tanto vernacular como monumental (Hospices de Beaune, Palais des Ducs de Bourgogne, Château du Clos de Vougeot, etc.). A sua inscrição na Lista do Património Mundial permite a sua transmissão intacta às gerações futuras e o reconhecimento internacional do seu carácter único.

 

Climats du vignoble de Bourgogne: inscrição em 2015

Os Climats du vignoble de Bourgogne foram inscritos na Lista do Património Mundial da UNESCO em 4 de julho de 2015, na 39.ª Sessão do Comité do Património Mundial, realizada na Alemanha.

Todos os anos, em junho e julho

Mês climático

Festivais, eventos, provas especiais, workshops

Todos os anos, de meados de junho a meados de julho, a Borgonha celebra os seus Climats. Trata-se de um programa de eventos, concertos, ateliers, passeios de descoberta nas vinhas e jornadas de portas abertas nas quintas que dão vida à Côte de Beaune, às Hautes-Côtes e ao conjunto da Route des Grands Crus.
Não perca esta oportunidade de festejar o Climats com os habitantes da Borgonha.

Organizar

a sua visita

Rota dos Grandes Crus

Um património a descobrir

Ao longo dos séculos, o homem esculpiu os Climats na paisagem e no calcário, criando muros baixos e cabottes, casas de cubas e casas de viticultores, caves e adegas, igrejas e hospícios, palácios e châteaux. Descubra-os todos em visitas guiadas a Beaune e às aldeias produtoras de vinho da Côte de Beaune.

Aldeias vitícolas

No coração da produção vinícola, cada aldeia possui o seu próprio património notável: casas de viticultores, quintas vitícolas, bem como numerosas adegas, cubas e lagares, alguns dos quais datam da Idade Média. A melhor maneira de as descobrir é passear pelas ruas antigas e abrir as portas das adegas… Descubra as aldeias da região de Beaune.

Fechar